domingo, 20 de julho de 2014

Documentários: Metal e Global Metal (Sam Dunn)

Documentários: Metal e Global Metal (Sam Dunn)
Sam Dunn, um antropólogo canadense, se tornou fã de heavy metal aos 12 anos de idade. Com o objetivo de unir a sua paixão e sua profissão, começou a produzir junto com Scott McFayden o documentário intitulado Metal: A Headbanger's Journey. O documentário, lançado no ano de 2005, mostra a evolução deste gênero musical, discutindo a respeito da cultura produzida até então, seus subgêneros (power, glam, thrash, black, etc.), algumas polêmicas que envolvem o assunto (como o protagonismo de membros de algumas bandas de black metal norueguesas nos incêndios de igrejas), assim como entrevistas com diversos músicos - entre eles o Dio, Dee Snider, Tony Iommi, Lemmy, Doro, Alice Cooper e o grande ídolo de Sam, Bruce Dickinson.


Imagens dos documentários

Após a produção do filme em 2005, Sam recebeu cartas de headbangers de diferentes lugares do mundo descrevendo suas paixões pela música. Isso o inspirou a lançar uma continuação em 2007, também com Scott, chamado Global Metal, que tem como foco fãs de países como Brasil, China, Índia, Japão, Indonésia, Israel e Emirados Árabes. Eu jamais imaginaria que em alguns desses países haveriam pessoas que curtissem metal também! Olha só o impacto da globalização aí, minha gente - minha professora de geografia da época do Ensino Médio iria curtir muito esse meu último comentário!

É muito interessante como cada sociedade coloca no metal uma parte de sua história. Na China, por exemplo, o cabelo longo dos metaleiros é associado aos guerreiros. No Japão, as pinturas no rosto – estilo Kiss – os lembram do teatro kabuki. É como se cada cultura traduzisse para si o que espera e quer que o metal signifique. Talvez isso seja algo pertinente a todos os estilos musicais mas é difícil imaginar fãs de Justin Bieber analisando suas músicas a um nível quase insano e interpretando-as de uma maneira mais local. (O Poderoso Resumão)

Eu, que gosto muito de documentários e sou apaixonada pelo gênero, curti demais ambas as produções e recomendo; mesmo se você não se liga muito na música, é interessante para conhecer os pontos de vistas de diferentes artistas e fãs! Agora quero muito assistir ao seriado, do mesmo diretor, chamado Metal Evolution, onde cada episódio é sobre um subgênero!

2 comentários :

  1. Pra quem curte Metal, acho essencial assistir =D sério, tem muitas referências, dicas e curiosidades *_*

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oiie!!
    acho bem legal essas bandas.mas quem gosta mesmo é meu marido hihih
    gostei do post!!
    Beijos;*

    www.harumiholanda.com

    ResponderExcluir

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails