sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Livro: Um porto seguro (Nicholas Sparks)

Livro: Um porto seguro (Nicholas Sparks)
Fui tomada por uma onda de preguiça para escrever durante esses últimos meses (isso me acontece com frequência, eu sei!), mas estou de volta! Tenho tanta coisa para compartilhar (como dicas de livros, filmes, práticas em sala de aula) e espero que eu consiga fazer isso durante essas minhas férias!

Neste último domingo, comprei mais um livro do Nicholas Sparks e terminei de ler ontem. Como o Querido John, escolhi também porque a capa me chamou a atenção - não gosto de ler o resumo porque acaba me estragando toda a surpresa. O livro tem como protagonista Katie, uma mulher bastante misteriosa que acaba de se mudar para uma cidadezinha chamada Southport com o objetivo de começar uma nova vida. Lá conhece Jo, sua mais nova amiga e conselheira, e uma família formada por Alex e seus dois filhos, Kristen e Josh. Com o passar do tempo, Katie conhece a triste história de Alex, por quem se apaixona, e compartilha também seu maior segredo: ela era casada e está fugindo de seu marido, Kevin, já que sofria com um relacionamento abusivo.


Imagens do filme

É mais um daqueles romances bestsellers bem água com açúcar mesmo, que você termina de ler rapidinho graças à linguagem simples - mas é legal para passar o tempo e pode ser um conforto para um coraçãozinho apaixonado (viu como eu também posso ser romântica?)! O que me prendeu não foi bem o fato de Katie e Alex se ajudarem a superar seus problemas, mas a definição psicológica de Kevin, que tem todos aqueles traços de homens abusadores: no começo do relacionamento procura ser de uma forma (carinhoso, compreensivo, que traz segurança para a parceira), mas com o tempo a máscara cai e se torna ciumento, possessivo, manipulador, se sente superior a tudo e a todos, não assume seus erros (o erro está sempre nos outros) e tem um humor bastante instável.


O trailer

- Ele sempre se desculpava e às vezes chegava até mesmo a chorar por causa dos hematomas que havia causado nos braços, nas pernas ou nas costas dela. Ele dizia que odiava ter feito aquilo, mas, no momento seguinte, dizia-lhe que ela havia merecido tudo o que acontecera. Que, se ela fosse mais cuidadosa, nada daquilo teria acontecido. Que, se ela prestasse atenção no que fazia, ou não fosse tão imbecil, ele não teria perdido a paciência. Ela tentou mudar. Ela se esforçou para tentar ser uma esposa melhor e fazer as coisas do jeito que ele queria. Mas nada era o bastante, nunca. (...) E como ela o amava! (p. 89)

O filme baseado no romance foi lançado em Abril deste ano e conta com a atuação de Julianne Hough e Josh Duhamel. Há muita coisa diferente comparando com o livro (já que toda a história precisou ser resumida em menos de duas horas), acabaram pecando por não mostrar tanto o lado de Kevin (o marido abusador) e não achei tão envolvente, mas vale como um passatempo para uma tarde preguiçosa!

4 comentários :

  1. Ja li umas 4 resenhas sobre o livro e todas positivas, agora fiquei curiosa =D

    adorei

    ResponderExcluir
  2. Anônimo7:24 PM

    Ola Fernanda assisti seu video de rinoplastia , e queria falar com voce sobre o hospital do servidor que voce fala no video , quero fazer uma rino também , entre em contato comigo porfavor murillo.emerald@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Já li bastantes livros do Nicholas Sparks, mas não vejo muita diferença nas histórias. Como ''Uma curva na Estrada'' foi meu primeiro livro dele gostei bastante, mas fui me decepcionando a cada livro. ''A última música'' e ''Um amor para recordar'' são os que mais achei parecidos. O personagem principal se apaixona por outro ''nada a ver'' com ele e a história de desenvolve a partir disso.

    http://blog-mundodaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tenho muita vontade de ler este livro e depois assistir ao filme (mas provavelmente farei ao contrário, como sempre haha). Adorei a resenha.

    http://posrealidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails