terça-feira, 2 de julho de 2013

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de futebol!

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de Tekpix futebol!
Nunca consegui gostar de futebol. Enquanto meus amigos discutiam se determinado lance durante um jogo decisivo fora ou não um impedimento, eu sequer entendia como funcionava isso. Já tentei assistir a alguns jogos da seleção ou do time de coração da minha família, mas aquele campo verde hipnotizante sempre me fazia dormir. E jogar, eu só jogava pra fazer bagunça mesmo, porque sou a descoordenação em pessoa!


"Prefiro ver o filme do Pelé!"

Assim que anunciaram que a Copa de 2014 seria aqui no nosso querido Brasil, meu Brasil brasileiro, imaginei que seria um prato cheio não só para os bons amantes do futebol. Desde aquela época passamos a ouvir o famoso "imagina na Copa", mas no fundo, mesmo não gostando do esporte, eu tinha uma esperançazinha de que as coisas poderiam melhorar, afinal as atenções do mundo inteiro estariam, a partir de então, voltadas pra cá. Tinha uma visão otimista mesmo, achava que por esse motivo o transporte público, a saúde, a segurança e até a educação dariam os seus passos à frente. Mero engano!

Nada mudou nestes três últimos anos além das construções de estádios superfaturados e a tentativa de melhorar (ou derrubar?) o seu entorno. Depois de adotar a hashtag #vemprarua - o que livros de história do futuro chamarão de A revolução dos 20 centavos -, uma das reivindicações do povo brasileiro refere-se também ao campeonato mundial. E apoio o movimento por alguns pontos levantados: o da fiscalização das obras e da cobrança por melhoria das outras áreas. Mas não acho (talvez esteja enganada... talvez!) que graças à força do movimento o evento seria mesmo cancelado!


Imagina na Copa!

Suposições à parte, não comecei este post pensando em emitir qualquer opinião a respeito das atuais manifestações - até porque não a formei completamente ainda e, como já disse anteriormente, não sou formada em Ciências Sociais ou Políticas. Comecei a escrever pensando em você, meu querido, que se sente um tanto frustrado ao descobrir que o assunto do momento de determinadas pessoas (seja futebol, novela, big brother, enfim) não é compatível com os seus gostos pessoais ou com as suas convicções.

Assim que a seleção brasileira conquistou a vitória na última Copa das Confederações, houve uma enxurrada de publicações nas redes sociais comemorando. Em contrapartida, aqueles que não ligam pro esporte ou que estão completamente engajados pelos movimentos das ruas, mandavam mensagens "reflexivas", com um quê de menosprezo. Mensagens como: "E daí que a seleção ganhou? O que vai mudar na sua vida ou no seu país?" Então agora que o gigante acordou, ninguém mais pode assistir a um jogo e comemorar a vitória (como sempre fez) porque será considerado um fútil ou uma contradição humana ("vai pra rua protestar e fica torcendo pro Brasil ganhar?").


Neymar, o futebolista maroto, pra animar o seu dia!

Na boa, quantas horas você passa por dia tentando mudar a sua vida, ou o país, completamente? Não tem nenhum momento que você se desliga do mundo e resolve fazer algo por si mesmo, pra relaxar a cabeça? Nunca se jogou no sofá e passou a tarde assistindo TV, de bobeira? Não passou horas rolando a barrinha do Facebook pra ver se teria alguma fofoca? Nunca passou o tempo só ouvindo as músicas que gosta ou jogando vídeo-game? Nunca fez nada que os outros consideram besteira, mas que te traz alguma diversão? E nunca compartilhou nenhuma dessas bobeiras com os seus amigos?

Vamos dar uma maneirada nessa de querer ser o intelectual, bem informado e politicamente correto. Cada um se diverte do jeito que quiser e compartilha o que quiser (desde que não passe por cima de ninguém)! Criticar o gosto pessoal de alguém te faz superior? Você também gosta de alguma "futilidade" (algo que os outros consideram fútil) que eu sei! Maquiagem, literatura duvidosa, moda, games, filmes de terror trash, seriados, animes... Posso fazer uma lista enorme! E não é porque determinada pessoa também apoia a manifestação, que necessariamente tem uma visão como a sua: ela tem todo o direito de apoiar e continuar gostando de futebol!

4 comentários :

  1. Quando foi anunciado que a copa seria aqui, todo mundo ficou feliz e orgulhoso do Brasil. O povo só esqueceu das consequências que ela iria trazer de bom ou ruim para nós. Agora é esperar para ver os próximos capítulos. Bjus!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei do post e do seu ponto de vista Fer! Eu nem conhecia essa música do Fernando & Sorocaba (não que eu goste de sertanejo, mas em Campo Grande SEMPRE toca essas músicas, rs). Eu também achei que o Brasil melhoraria em muitos aspectos na infra-estrutura geral (não apenas na específica, como os estádios) mas nos enganamos até agora. Acho que a segurança tem que ser primordial nessa copa e, pelo visto, a coisa ainda não está boa o suficiente (fiquei sabendo que duas pessoas conseguiram entrar com cartazes de manifestação na Copa das Confederações o.O).

    Espero que a Copa de 2014 traga bons resultados, apesar de tudo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Fernanda, passeando pelo face encontrei este link do seu blog e justamente deste post mara. Menina vc falou tudo que eu estava sentindo em relação a isso!
    É bem assim flor, depois de todas as manifestações (que por acaso eu sou a favor e queria muito que acontecessem) não podemos mais torcer pelo Brasil e apreciar o futebol que tanto nos fazia felizes, nas tardes de domingo ou nas noites de quarta?
    Poxa, como assim? Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, mas o problema do povo é que se não é 8 é 80, não tem um meio termo. E isso me irrita demais!
    Como vc, eu também tinha pensando que com essa história das copas, o país iria progredir positivamente, mas a realidade foi bem outra, entretanto, eu curto os jogos da Seleção Brasileira, sempre curti e sempre torci nas copas. Mas agora, me vejo numa indecisão tremenda, torcer ou não torcer pra seleção, depois dos acontecidos? Ô dilema!
    O povo num entende que nossa briga nada tem a ver com a competição em si, mas sim os governantes que pegaram o bonde, por assim dizer, e fizeram a festa.
    Bem, entre trancos e barrancos, temos que andar neh, o que nos resta é esperar, pra ver o que vai rolar depois.
    Ótimo texto florzinha e adorei seu blog tbm.
    Bjokas.

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir
  4. Em Portugal aconteceu algo parecido à uns anos atrás... Recebemos o Euro 2004 e antes disso o Estado gastou fortunas a contruir estádios e a preparar-se para o evento. Hoje alguns desses estádios não são usados. Não recebem comeptições, ninguém vai para lá treinar, nada! Quantos aos outros estádios, alguns ainda estão a ser pagos. Foi uma das causas da crise portuguesa. Eu gosto de futebol. Gosto de ver jogos de futebol, gosto de acompanhar campeonatos mas há coisas que eu não concordo...

    ResponderExcluir

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails