sábado, 25 de maio de 2013

Banda: Sonata Arctica

Banda: Sonata Arctica
Passei a gostar de metal graças a um amigo meu, que na época do Ensino Médio me gravou um CD com músicas variadas e entre elas estava a banda finlandesa de power metal (ou metal melódico, como preferirem) Sonata Arctica. Antes disso, achava que metal se resumia a Black Sabbath e Iron Maiden, afinal era o que a gente ouvia aqui em casa; não passava pela minha cabeça que o metal tinha diversos subgêneros, entre eles aqueles que tinham como influência a música erudita também.


Fotos promocionais

Ouvi as músicas, gostei e corri atrás dos seus dois primeiros álbuns (naquela época a conexão era discada e ficava dias baixando pelo KazaA), o Ecliptica (1999) e o Silence (2001). Lembro que eram meus álbuns favoritos: ficava ouvindo diversas vezes seguidas, durante todos os dias da semana. Meu amigo e eu chegamos até a gravar nossas cantorias, fazendo duetos - tenho inclusive as gravações aqui, que guardo até hoje, mas são vergonhosas demais pra compartilhar!


Mary Lou, Shy e Letter to Dana tocadas ao vivo, em uma versão acústica

Em 2003 eles lançaram outro álbum, o Winterheart's Guild. Mais um que foi tocado inúmeras vezes na minha playlist!


Os seis primeiros álbuns de estúdio


Nunca fui muito apegada a letras de música. Se gosto da melodia, está na minha playlist e pronto! Se for pra ouvir música só pela letra, prefiro ler uma poesia. Bom, no caso do meu contato com Sonata, foi que além de gostar das melodias, me identifiquei bastante com as letras também. Cada uma conta toda uma história (geralmente uma história de amor) ou faz alguma crítica social. Lembro que a música da época que parecia ter sido escrita pra mim era Shy, porque era muito mais tímida!


Fullmoon, do álbum Ecliptica

Depois de certo tempo (e de tanto ouvir aos álbuns repetidas vezes), meio que enjoei da voz do Tony Kakko e passei a ouvir mais outras bandas. Não cheguei a procurar por nenhum outro álbum dos caras até pouco tempo atrás, quando resolvi baixar o Stones grow her name (2012), que está bem mais pesado que os demais que conhecia!


8th commandment, tocada ao vivo


Last drop falls, do álbum de estúdio Silence


O clipe de Wolf & Raven, do álbum Silence


Victoria's Secret ao vivo


The Cage, do álbum de estúdio Winterheart's Guild

Apesar de não escutar com tanta frequência como antes, Sonata Arctica é uma das minhas bandas favoritas, já que marcou uma fase da minha vida - ela me faz lembrar bons momentos e de como algumas pessoas foram importantes pra mim - e possibilitou me expandir o contato com subgêneros do metal.

0 :: Deixe seu comentário! :

Postar um comentário

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails