quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Sobre o vlog

Sobre o vlog
Após a explosão do PC Siqueira, do Felipe Neto e de mais outros vlogueiros, muita gente começou a fazer vlogs objetivando se tornar popular. Faz algum sentido se você já trabalha no meio artístico ou utiliza o vlog pra se destacar na sua área (como um médico ou um publicitário que quer mostrar o seu trabalho, por exemplo), porque isso pode te abrir várias portas.

Acontece que tem muita gente em busca da popularidade apenas pra se tornar uma nova subcelebridade. Aliás, por ora considero subcelebridade até aquele vlogueiro que é ator, porque não conheço direito o trabalho dele; mas torço, de verdade, para que me prove o contrário, me mostre que realmente tem algum talento, e que não seja mais um rostinho bonito no You Tube.

Mas voltando: tem aqueles que buscam a fama pela fama, apenas para ter o ego alimentado; tem aqueles que realmente imitam os vlogueiros famosos, porque acham que essa é a fórmula para fazer um vlog de sucesso; porém tem aqueles que possuem outros objetivos, que vão além de ter milhares de visualizações, comentários ou inscritos. E acho que esse é o meu caso.


Comentei no video de número 7 o porquê de eu ter criado o vlog, mas vou ressaltar aqui: criei o vlog por hobbie, pois queria alguma ocupação já que estou desempregada no momento e achei a ideia de fazer videos legal, afinal é uma forma de eu acompanhar mais pra frente a "evolução da espécie", lembrar das coisas que eu gostava, que eu não gostava, se mantenho as mesmas opiniões, entre outras coisas. Quando eu era menor, eu costumava fazer videos nesse formato, porque eu também queria assisti-los mais pra frente e perceber o quanto mudei - coloquei até uns trechos desses videos aqui.

E já que o You Tube permite compartilhar esse tipo de video - caseiro, e que não é de humor nem entretenimento -, resolvi publicá-los, afinal, alguns amigos meus poderiam assistir e acompanhar as minhas "novidades" - aliás, gostaria que todos os meus amigos tivessem vlogs -, ou ainda outras pessoas poderiam se identificar.

Ou seja, fiz o vlog por satisfação pessoal mesmo. Por mais egoísta que pareça, não busco agradar a ninguém - e peço desculpas se em algum momento eu parecer grosseira; a ideia é eu expor as minhas opiniões; é mostrar as coisas que gosto, ou que eu não gosto. Fico contente se alguém gostar das besteiras que falo ou caso se identificarem comigo, mas isso é uma consequência. E outra coisa: eu nunca vou conseguir agradar a todos, mesmo que eu queira!
Enfim, a ideia é ser eu mesma, nas fases boas ou ruins da minha vida, e não ficar fazendo papel de intelectual, de maloqueira, de patricinha - como alguns fazem, e alguns desses vlogs eu até gosto; a ideia é transmitir naturalidade! E se por acaso eu me enrolo durante os videos, me atrapalho, tenho alguns momentos meio brainstorm, é porque não faço roteiros (só pauta), e porque sou assim na vida real (mas só um pouco mais gata! hahaha, brincadeira..), e gostaria que respeitassem.

Eu estaria mentindo se dissesse que não fico feliz com o número crescente de visualizações, comentários ou inscritos, pois isso pode demonstrar que realmente estão gostando das besteiras que falo ou faço, ou se identificando comigo.
Só gostaria que entendessem que essa não é a finalidade do meu vlog; eu faço porque gosto, e não porque quero ficar "famosa". Se esse fosse o meu objetivo, eu procuraria pesquisar a respeito do que o público têm buscado, o que está na moda, e faria videos apenas com esses conteúdos.

Peço para não levarem tudo o que eu digo muito a sério, afinal, como diria Raul Seixas, "eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"; tem muita coisa que eu acabo dizendo ou fazendo, mas que depois de um tempo eu repenso e mudo. Pois é, o ser humano é um bicho contraditório!

E tem outra coisa que acabei descobrindo e gostei: dependendo do comentário, mesmo que faça uma crítica a respeito do que falei ou me contrarie, me faz refletir mais a respeito do tema abordado ou que eu repense as minhas opiniões e valores, e isso é muito legal, afinal é através desses conflitos internos que a gente cresce como pessoa!

Por fim, agradeço imensamente ás críticas e sugestões que algumas pessoas têm feito; algumas eu considerei e me fizeram melhorar. Porém não posso acatar a todas, senão vira bagunça e no final não serei eu mesma, mas sim uma personagem modelada por quem assiste.
E espero que entendam e respeitem a minha opinião, mesmo se considerem errada!

9 comentários :

  1. exatamente fer ! muitas pessoas dizem que "ah, ta sem graca", "ah, ta imitando pc siqueira", "aff, nao ri nenhum um pouco"...
    o problema é que fazemos o vlog pra nós, ao nosso favor, se voce rir, melhor pois voce gostou e geralmente quando ve algo que considera engracado voce fica com aquilo marcado em sua mente, mas se voce ve vlogs, comenta ou diz que ta sem graca voce ta procurando na aba errada, o meu pelo menos esta na area de pessoas e blogs, e nao na de humor.

    ResponderExcluir
  2. Ah sei lá, não preciso dizer muita coisa, ja falamos tudo que tinhamos que falar e enfim.. =P

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente! Mesmo! Eu sou muito diferente de vc, mas gosto de saber suas opiniões sobre as coisa sem ter que necessariamente aceitá-las. Eu tbm tenho um vlog. Ninguém assiste mas eu adoro fazer vídeos e tbm não tenho a intenção de ficar popular. Inicialmente tinha motivos diferentes dos seus, mas agora que li seus motivos fiquei ainda mais convencida de continuar postando. Adorei o texto e adoro seus videos.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Li seu post e assisti a todos os seus vídeos.Posso dizer que tudo que acabei de ler me parece muito sincero e condizente com a pessoa que eu vejo nos vídeos.Gosto da sua transparência e da maneira com a qual você expõe suas opiniões.Uma das poucas pessoas que valem a pena parar pra assistir.Ah,e com certeza não vai levar muito tempo até você conseguir um emprego.O Brasil tá precisando de educadores assim,viu?!
    Beijo e sucesso no que quer que seja.

    ResponderExcluir
  6. Acho que quando alguém faz algo sem planejar agradar alguém, sem ser a si mesmo, o conteúdo fica muito melhor pra quem se identifica com o vlogger por exemplo. Eu acho seus vídeos muito bons, pq tratam de assuntos que me fazem refletir bastante, e rir bastante do seu humor não tão humorado ( falo mesmo, aushsauashsa.
    Parabéns pelos vídeos, e por me fazer pensar em coisas que eu não pensava antes :D

    ResponderExcluir
  7. Fê! Eu li o post antes de comentar suhahsua concordo contigo aí em cima, que tem aqueles que buscam a fama pela fama, e realmente não te classifico assim, quer dizer, quem sou eu pra classificar né =P
    enfim, gosto muito dos seus vídeos, e só comentei agora aqui porque vi o video do dia 11, aí vim prestigiar ^^
    tá faltando gente verdadeira assim, eu gosto disso! e tu vai arranjar um emprego, tenha fé em Deus mulher! sauhsua

    Bjãão!

    ResponderExcluir
  8. Eu já assisti alguns vlogs seus e gostei bastante, da mesma forma que vc escreve muito bem, vc fala muito bem tbm e acho mais complicado se expressar em um vídeo (eu já acho que não conseguiria rs), agora mais uma coisa: AMIGA SEU CABELO TÁ UM LUXOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá, que legal você utilizar a internet desse jeito postando conteúdo tanto em blog como em vlog e ainda por cima juntando os dois. Posso parecer bobo, mas acho isso o máximo. Mesmo e não foi a toa que citei seu canal lá no meu post mais recente. Eu indico. O vlog você apresenta de um jeito muito legal. É sincero, natural e não é chato. Dá vontade de assistir esse e outros também. Parece até uma conversa.

    Já fui no bairro da liberdade algumas vezes e adoro o tanto de cultura japonesa que você pode encontrar por lá, como alguns cosplays fantasiados andando por lá, por exemplo. Também curto mangá e anime. Alguns como Bleach, Yu Yu Hakusho, DBZ, entre outros são meus preferidos.
    Beijos, sucesso e parabéns pela sua criatividade.

    ResponderExcluir

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails