sexta-feira, 7 de julho de 2006

Qualquer um pode brilhar!

Qualquer um pode brilhar!
Na próxima edição, a Capricho vai mostrar 32 corpos diferentes, para defender a tese de que qualquer pessoa é feita para brilhar! Não importa se tem um pescoção, orelhas de abano ou um braço grudado na testa; qualquer um, mesmo fora dos padrões convencionais, pode ser feliz e realizado fazendo ou vestindo aquilo que gosta.
Ás vezes me coloco a pensar: quem será que definiu esses padrões? Aquele estereótipo de pessoa perfeita: olhos e cabelos claros, magrinha, narizinho delicado e se for mulher, peitos avantajados; claro que não são todos quem tem essas preferências, mas isso foi apenas um exemplo.
Acho que a gente enfia essa idéia na cabeça desde quando somos pequenos. Se a gente crescesse ouvindo que ter um braço grudado testa é uma coisa linda, possivelmente gostaríamos ter um também.
Mas será que nós realmente gostaríamos de ser dessa forma porque nos sentiríamos bem ou apenas pra sermos bem vistos pelas outras pessoas? Pergunta apenas para pensar.

Acredito que não existe bonito nem feio, ou seja, uma definição universal para a aparência de alguém; existem belezas diferentes. Isso depende do ponto de vista de cada um! Tem quem me ache pavorosa, mas aposto que pelo menos um ser nesse planeta enorme me ache uma gracinha, não? Hehe.. XD
Eu era meio complexada (como diria a minha avó) e insegura quando o assunto era aparência e até hoje tenho algumas "recaídas"; aqueles momentos onde me olho no espelho e pergunto: "porque eu sou tão magra?", "porque sou tão branquela?", "porque não tenho peito?", "porque meu nariz não é menor?" e outras perguntas sem resposta. Mas porque faço elas? Por que eu começo a me comparar com outras pessoas. Realmente é uma grande besteira, mas aposto que muita gente faz isso.
Mas o que me anima é lembrar que existem pessoas que me consideram pela minha essência e não por que tenho "um rostinho bonito" ou qualquer outra qualidade superficial. Me aceitam do jeito que sou. Manter uma aparência perfeita por longos anos é impossível pra qualquer um! E quando não possuirmos mais essa "aparência perfeita", as pessoas que se aproximaram de nós por causa disso vão se distanciar.

Você se sente pavoroso, fica completamente pra baixo e acha que as pessoas não se aproximam de você por que é feio? Elas não se aproximam de você por que se fecha nesse mundinho e fica se lamentando, mané!
Eu achava a maior besteira quando algumas colegas perguntavam: "Se eu não me amo, então quem vai me amar?". Mas até que isso faz sentido. Se você se fechar no seu mundinho e ficar se lamentando, ninguém vai se aproximar mesmo por que você só vai ser mais um peso nas costas; "pra quê que eu vou querer me aproximar de um cara que só vai ficar chorando no meu ombro por que se acha feio?"
Você tem mais é que erguer a cabeça, assumir o que é e ser feliz. Isso diz respeito não apenas á sua aparência, mas á sua personalidade.

Sou feliz do jeito que sou. Não estou completamente satisfeita com a minha aparência, algumas coisas poderiam ser melhores, mas sou feliz por que são essas coisas que me fazem diferente. Sou feliz também pelo meu "eu interior", pela minha essência.
A aparência pode não ser o meu ponto forte, mas tento fazer alguma outra qualidade minha se destacar. Tento ser uma pessoa melhor do que sou atualmente. É dessa forma que a gente realmente cresce, é isso o eu acho que nos faz realmente brilhar!

Acho que o maior brilho não se encontra na forma de alguém (do corpo ou de se vestir), mas sim no jeito, na personalidade. Pra mim, uma pessoa que brilha é aquela que consegue espalhar a sua felicidade, conquistar muitos com o seu carisma e não com um par de olhos azuis. =)

Agradecimento do dia: Vai pro Rapha, por que agüentou todas as minhas encheções de saco sem se irritar! XD

Mais
Ouvindo: Toni Basil - Hey Mickey.
Estou: Em casa.
Pensando: "Gastei muita grana hoje.. Saco!!"
Sentindo: Uma dorzinha no estômago.
Teclando: Com o Rapha.
Querendo: Tocar guitarra.
Lendo atualmente: Os livros da magia: O convite - Carla Jablonski (thanx to Dalua).
Visitando: Orkut.

0 :: Deixe seu comentário! :

Postar um comentário

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails